Renato Groffe é consultor em atividades voltadas ao desenvolvimento de sistemas há mais de 15 anos. Microsoft MVP (Most Valuable Professional) e participante do programa MTAC (Multi-Plataform Technical Audience Contributor). Bacharel em Sistemas de Informação, com Especialização em Engenharia de Software e MBA em Business Intelligence. Também é palestrante e autor técnico em portais e revistas especializadas, com foco em tecnologias Microsoft e boas práticas na área de software.

 

Docker + Bancos de Dados:descomplicando a montagem de ambientes de Desenvolvimento/Testes com Docker

Apesar de toda a praticidade e agilidade oferecidas por soluções como o Entity Framework, há cenários em que estas alternativas não constituem a melhor resposta. Isto se evidencia em situações nas quais a performance é um fator crítico. As instruções SQL geradas automaticamente por um framework ORM podem apresentar um desempenho abaixo do esperado, com os desenvolvedores não contando com meios viáveis para otimizar/customizar tais comandos.

Um caminho então seria o desenvolvimento baseado em recursos do ADO.NET, mas tal abordagem esbarra em problemas de produtividade na codificação. Como então superar estas dificuldades? Frameworks conhecidos como Micro-ORMs podem ser uma boa resposta a tal questionamento.

Com ênfase na escrita de poucas linhas de código e velocidade no acesso a dados o Dapper é atualmente um dos Micro-ORMs mais populares em .NET.

Acompanhe esta apresentação para conhecer mais sobre o framework Dapper e como o mesmo pode ser útil no desenvolvimento de soluções .NET que dependam de bancos de dados relacionais.

Renato José Groffe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *